Me Conta Do Seu ChuléMe Conta Do Seu Chulé

Me Conta Do Seu Chulé

Me conta do seu chulé

Você sabe o que causa o chulé?

Quanto o seu chulé te incomoda?

Você sabe o que está fazendo de errado para causar esse cheiro azedo?

Não perca tempo, venha saber o que causa e evite passar por situações constrangedoras.

 

O Que Causa o Chulé? – O SUOR É A CAUSA DO CHULÉ?

  1. Você sabia que seus pés produzem suor? Afinal, quando os pés esquentam dentro do sapato produzem esse fluido, uma vez que os pés possuem várias glândulas sudoríparas (produtoras de suor).
  2. A função do suor é controlar a temperatura dos pés, ele não tem cheiro e nem cor.

Então, por quê as pessoas têm chulé?

Amigos, a culpa não é do suor. Porém, ele contribui para fatores que promovem o chulé, vulgo cheirinho de queijo azedo. Está preparado para saber como isso acontece? Então, vamos lá…

 

O Que Causa o Chulé? – QUEM PRODUZ O CHULÉ?

Vamos analisar alguns tópicos para saber quem causa o chulé, presta atenção em?! É fundamental você se atentar a essas perguntinhas básicas para entender como surgi o chulé.

  • Você sabia que o seu pé é abrigo para várias bactérias? Sim, nós abrigamos uma colônia de bactérias na sola dos pés.
  • Você sabia que o seu pé vive regenerando a pele? Ou seja, seu pé possui uma camada de células mortas (que formam a pele morta), que são renovadas a todo o tempo.
  • O que isso significa? As bactérias do seu pé precisam se alimentar para sobreviver, como qualquer outro ser vivo, por isso, ela se alimenta da pele morta.
  • Ok. E daí? Pensa comigo:

Temos a alimentação da bactéria, que é a pele morta.

Temos o ambiente perfeito para ela se alojar, já que dentro do sapato o local é úmido e quente.

  • E essas condições resultam em quê?

RESULTADO: A bactéria encontra no pé o local úmido e quente, por isso, ideal para viver. Esse ser vivo também encontra alimento: pele morta. Dessa forma, é possível dela sobreviver e se reproduzir, fazendo mais bacteriazinhas para colonizar seu pé. Ah, mas até aí não temos o chulé. O chulé é derivado da digestão da pele morta pelas bactérias, visto que após a digestão elas liberam gases como ácido isovalérico e metanotiol. Aí, você se pergunta “o que que tem esses gases?”. Queridos, esses gases são os mais responsáveis pelo cheirão de chulé. Além disso, depois de tudo isso ocorrer, o cheiro piora, pois a maioria dos sapatos não deixa os pés se ventilarem. Assim, é fundamental você dar preferências a sapatos abertos ou que permitam seu pé transpirar.

Ei, ei… agora que você já sabe como o chulé é formado, quer saber como acabar com esse cheirão horrível? Afinal, tenho certeza que você se incomoda com o mau odor ou até mesmo as pessoas que convivem com você. Então, não vacila. Cuide-se. O chulé não é difícil de ser tratado.

Clique aqui e saiba como acabar de vez com o seu chulézão.

Por uma vida sem chulé.

#SaiDeMimChulé

#NoMoreChulé

O Med9https://www.abctudo.com.br/
Tudo sobre Medicina. De uma forma fácil, prática e bem humorada! chega das chatices técnicas que todos os médicos na Internet usam!

Troca de Informações

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Me Conta Do Seu ChuléMe Conta Do Seu Chulé

Conteúdo Relacionado

O que significa AIDS

AIDS é diferente de HIV Uma pessoa pode ser portadora do vírus HIV e não ter a doença da AIDS. AIDS é uma sigla que vem...

Linfadenopatia: quando procurar um Infectologista

Chamamos de linfadenopatia aqueles "carocinhos" que aparecem podem aparecer em algumas partes do corpo como pescoço, axilas, virilhas, etc. Eles podem ter características distintas...

O que muda na vida de quem tem HIV

O HIV, mais que uma doença infecciosa, é uma doença crônica.Ainda existem pessoas que ao receber o diagnóstico de HIV acham que suas vidas...

Fique em Contato

138FãsCurtir
1,300SeguidoresSeguir

Últimos Artigos

O que significa AIDS

AIDS é diferente de HIV Uma pessoa pode ser portadora do vírus HIV e não ter a doença da AIDS. AIDS é uma sigla que vem...

Linfadenopatia: quando procurar um Infectologista

Chamamos de linfadenopatia aqueles "carocinhos" que aparecem podem aparecer em algumas partes do corpo como pescoço, axilas, virilhas, etc. Eles podem ter características distintas...

O que muda na vida de quem tem HIV

O HIV, mais que uma doença infecciosa, é uma doença crônica.Ainda existem pessoas que ao receber o diagnóstico de HIV acham que suas vidas...

Neuroestimulação para Prevenção da Enxaqueca – Med9 Explica

Com o avanço das pesquisas que buscam novas estratégias para prevenção e tratamento da enxaqueca, foi descoberta uma nova opção não-farmacológica: a neuroestimulação.

Osteomielite crônica: O que é?

Osteomielite crônica nada mais é que a Infecção no Osso com um tempo maior de evolução. Geralmente começou há mais de 1 mês. Apesar de...