spot_imgspot_img

Será Que Tenho Micose De Praia?

Já ouviu falar sobre pitiríase versicolor ou também conhecida como micose de praia?

Aí você pensa:

  • “Sério que na praia eu posso pegar micose?  DROGA, justo agora que já marquei a minha viagem, o que eu faço para evitar?”

Calma, queridos. O nome é micose de praia, mas não está relacionada com a praia diretamente. Porém, é muito comum no verão. Vem ler mais sobre isso…

MICOSE DE PRAIA – O QUE É?

Micose de praia é uma infecção causada por fungos. Esses fungos vivem na sua pele, mas quando encontra condições adequadas, eles se reproduzem.

Aí, é o problema.

A reprodução descontrolada dos fungos produz um ácido, o qual inibe a produção de melanina. Assim, formam-se as manchinhas na pele, que são mais comuns nas costas e ombros. Essas manchinhas tornam-se mais visíveis sob a exposição da luz do sol. Por isso, o nome popular é micose de praia.

MICOSE DE PRAIA – TRATAMENTO

O tratamento pode ser feito com remédios durante uma semana ou 10 dias, como:

  • cetaconazol;
  • itraconazol;
  • fluconazol;

Além disso, também pode ser feito com:

  • pomadas;
  • cremes antifúngicas;

Os remédios e pomadas são vendidos sem receita nas farmácias. Geralmente, esse tratamento mais simples elimina a descamação em poucos dias, mas as manchas podem permanecer por meses.

Além disso, em tempos quentes e úmidos, a infecção pode voltar e você terá que voltar a tomar os remédios. Isso é muito comum.

Ei ei, se o tratamento com creme, pomada ou remédio deu certo não vai ficar torrando no sol ein?! Pelo amor de Buda, evita. Quanto mais você evitar o sol, mais chances você tem de acelerar a recuperação da cor da sua pele. Não vai vacilar. Não seja tonto.

Porém, se essa medicação não está resolvendo sua infecção está na hora de você conversar  com seu dermatologista e ele vai receitar um remédio mais forte.

Se você quiser saber mais sobre micose clique aqui

MICOSE DE PRAIA – CAUSAS

As causas são muito evidentes:

  • calor;
  • umidade;

Nenhuma novidade até aí, já que os fungos só crescem sob condições de calor e umidade, como os fungos que causam o chulé (se você quiser saber sobre o chulé).

Para quem não sabe, há fatores que facilitam a infecção, como:

  • desnutrição;
  • sudorese excessiva;
  • uso de anticoncepcionais ( fiquem atentas meninas);
  • corticoides
  • imunossupressores

MICOSE DE PRAIA – VOCÊ FAZ PARTE DO PÚBLICO ALVO?

A micose pode atingir pessoas de qualquer idade, mas é mais frequente nos adolescentes e jovens.

Esse público-alvo tem grande atividade da glândula sebácea (glândula que produz o sebo para lubrificar a pele e os pêlos), por isso sofrem mais com a infecção.

MICOSE DE PRAIA – SINTOMAS

Ei, você já viu um amigo, parente ou qualquer outra pessoa com manchas na pele? Essas manchas podem ser de cor branca indo até o vermelho ou castanho. Se já viu, essa pessoa tinha micose de praia ou também conhecida como Pitiríase versicolor. A infecção é versicolor por poder apresentar variação nas cores das manchas.

As manchas que são lesões não causam problemas, mas podem coçar um pouco. Então, incomoda.

MICOSE DE PRAIA – DIAGNÓSTICO

Além das manchas serem bem visíveis, é possível diagnosticar por meio do exame de pele, feito por uma dermatologista experiente. É galera, vamos lembrar que um bom especialista é bem importante nesses casos.

O diagnóstico também é feito por uma lâmpada especial, a Wood, as manchas fluorescem de uma forma característica da infecção.

Além disso, também pode ser feito uma raspagem superficial da pele para verificar a pesquisa de fungos e cultura.

Em casos extremos, o dermatologistas poderá indicar uma autópsia da pele.

MICOSE DE PRAIA – PREVENÇÃO

A prevenção é bem simples depois que se sabe as causas.

Ué, você tem que evitar tudo que aumente seu suor, calor e umidade… então:

  • Evite usar roupas sintéticas, prefira roupas de algodão;
  • Prefira roupas leves, fresquinhas, aquelas roupas gostosas de vestir;
  • Evite tomar muito sol;
  • Se você teve micose de praia, não pare por aí. Converse com seu dermatologista e resolvam quanto tempo será necessário tomar o remédio para a infecção não voltar;

A micose de praia  não é difícil de tratar e não costuma ter muitas complicações.

Mas, fique atento.

Não relaxa.

Cuide-se.

#SaiMicoseDePraia

#DeusMeFreeMicoseDePraia

 

O Med9https://www.abctudo.com.br/
Tudo sobre Medicina. De uma forma fácil, prática e bem humorada! chega das chatices técnicas que todos os médicos na Internet usam!

Troca de Informações

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Conteúdo Relacionado

Fique em Contato

140FãsCurtir
1,300SeguidoresSeguir

Últimos Artigos